logo

Demi Moore foi aberta sobre seu uso de drogas no passado. Agora suas filhas também estão se manifestando.

Entre as características que diferenciam o Red Table Talk de Jada Pinkett Smith de outros programas de entrevistas está a capacidade de abordar qualquer assunto. de uma perspectiva multigeracional . Pinkett Smith lidera o programa Facebook Watch enquanto está sentada ao lado de sua mãe, Adrienne Banfield-Norris, e sua filha adolescente Willow, tornando-o um cenário adequado para os convidados do episódio de segunda-feira resolverem seus próprios problemas mãe-filha.

Demi Moore e suas filhas Rumer e Tallulah Willis, dois de seus três filhos com Bruce Willis, juntou-se a Pinkett Smith e sua família para uma discussão íntima sobre o vício em drogas de Moore e a pressão que isso colocava em seus relacionamentos. É um tópico que Moore investiga longamente em seu livro de memórias best-seller, Inside Out, e sobre o qual ela falou com jornalistas, mas não um que ela tenha examinado anteriormente com suas filhas em tal plataforma pública.

A conversa, editada em um episódio de meia hora, se expande para tocar nas próprias lutas de Rumer e Tallulah com o abuso de substâncias e, como Pinkett Smith coloca, é projetada para tentar quebrar alguns dos ciclos.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Aqui estão algumas das lições mais importantes.

Quando crianças, Rumer e Tallulah raramente testemunhavam a vulnerabilidade de suas mães.

No início do episódio, Tallulah menciona sentir como se Moore sempre tivesse feito a escolha de esconder certas coisas de seus filhos e evitado compartilhar sobre seu passado de uma forma que aumentasse a distância entre as duas gerações. Tallulah nunca soube muito sobre o vício de Moore, nem sobre o fato de que, como Moore revela em Inside Out, a atriz foi estuprada aos 15 anos por um homem que supostamente pagou 500 dólares à mãe de Moore.

caroline flack causa da morte

Eu não acho que minha mãe foi criada; ela foi forjada, Tallulah diz, ecoando seu comentário em um perfil recente de Moore no New York Times. E a força que vem disso é intimidante e assustador.

A história continua abaixo do anúncio

Depois que Moore comenta que o alto padrão pelo qual ela foi mantida significa que sua margem de erro é muito baixa, Rumer responde que foi um subproduto de você não ser necessariamente fraco na nossa frente. A conversa volta a esse assunto no final do episódio, quando Moore se refere à dureza que projetou, e pela qual confessa ainda ser grata, como mecanismo de sobrevivência.

Propaganda

Percebo que fiz um péssimo serviço a eles ao não deixar que me vissem como um fraco, disse Moore a Pinkett Smith. Acho que precisamos mostrar a eles não apenas nossa força, mas como processamos para superar a decepção, chateação, mágoa.

Pinkett Smith, quem lutou com seus próprios vícios , admite que demorou um pouco para chegar a um lugar de vulnerabilidade, onde eu poderia chorar na frente de Willow. Demorei muito por causa daquela falsificação. Existe esta parede, existe esta armadura. Eu estava pensando em como isso presta um desserviço a todos que amamos, incluindo a nós mesmos.

Moore teve uma recaída durante seu casamento com Ashton Kutcher.

Conforme lido em voz alta no episódio de Pinkett Smith, Inside Out começa com a lembrança de Moore de um momento em que, afastada de todos os seus entes queridos após uma recaída, ela percebeu que estava completamente sozinha.

Noivo de 90 dias david e evelyn
A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Tallulah se lembra de ter ficado confuso quando Moore, que estava sóbrio por cerca de 20 anos naquela época, teve uma recaída no início dos anos 2000: Eu não tinha ideia do que estava acontecendo, Tallulah diz. Ela esteve sóbria durante toda a minha infância e depois bebeu. ... Todos os adultos ao nosso redor, em um esforço para nos 'proteger', estavam protegendo ela. Se ela não estivesse sóbria, eles nos diriam que ela estava. Houve uma total falta de confiança.

Moore continuou a lutar ao longo de seu casamento com Kutcher, agravado pelo fato de que, no início de seu casamento, ela sofreu um aborto espontâneo quando estava grávida de seis meses.

Foi como se o sol se pusesse e viesse um monstro, sabe? Tallulah diz. Lembro-me de ficar muito chateado e meio que tratá-la como uma criança e falar com ela como uma criança. Sendo tipo, por favor, afaste-se de mim. Ela ficou muito brava, e isso aconteceria na frente de amigos. Não era a mãe com quem tínhamos crescido.

Os filhos de Moore não falaram com ela por três anos.

Ambas as filhas falam sobre como seus relacionamentos com Moore pioraram durante sua recaída. Rumer, que uma vez foi forçada a ligar para o 911 para salvar a vida de sua mãe, também atribui parte da raiva que sentia pelas repetidas tentativas de Moore de ter outro filho.

que canal são os grammy em 2019
A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Foi como, ‘Oh, não somos o suficiente?’, Lembra ela. Parte do motivo pelo qual me mudei de casa foi porque depois que você teve um aborto espontâneo, eu pensei, ‘Por que você está tão desesperado para ter outro filho?’ Não pude suportar a ideia, mas então vi essas fotos. Eu vi como a barriga dela estava grande e disse, 'Oh, meu Deus. Eu sou tão insensível. '

Nesse ponto, Pinkett Smith tranquiliza Rumer: Quero que você saiba que, mesmo em sua sensibilidade, não há problema em ficar com raiva. Isso não significa que você não ama sua mãe, isso não significa que você não é compassivo.

Banfield-Norris, quem tem 28 anos sóbrio , mais tarde diz a Moore: Como um adicto em recuperação, eu entendo que não é uma garantia de que as pessoas que você machucou em sua vida, pessoas que foram prejudicadas por seu comportamento e suas decisões, permanecerão em sua vida, você conhecer? Sempre fui muito grato por Jada nunca desistir de mim. Ela nunca desistiu de nós e sempre esteve lá.

Rumer e Tallulah também lutaram contra o abuso de substâncias.

Rumer diz que começou a abusar do álcool quando parou de falar com a mãe e, a certa altura, começou a ter ataques de ansiedade sobre como eu me sentiria mal no dia seguinte.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Tallulah, que se sentiu negligenciada por ambos os pais - Meu pai não entendia que depois que uma criança se forma no ensino médio, você ainda tem que cuidar dela, ela observa - abusava de drogas a ponto de sua outra irmã, Scout, uma vez encontrar ela desmaiou com uma mistura de cocaína e codeína.

Eu não tinha consideração pela minha vida, Tallulah diz. Eu não me importei. Então meu pai se envolveu e ameaçou me mandar para as reuniões de AA como punição, o que realmente não fazia sentido.

Mackenzie Davis e Kristen Stewart

Depois que Rumer e Scout encenaram uma intervenção, Tallulah voltou a viver com Moore e foi para o tratamento - por opção, Moore acrescenta no episódio.

Moore se distanciou de sua mãe para proteger seus filhos.

A mãe de Moore, que lutou contra o vício do álcool, tentou se matar várias vezes durante a infância de Moore. Depois de uma tentativa de suicídio, como Pinkett Smith narra no episódio, uma jovem Moore cavou comprimidos da boca de sua mãe. Os dois compartilhavam uma relação tumultuada que piorou quando a mãe de Moore vendeu histórias sobre sua filha e netos para os tablóides. Eles não se falaram por quase uma década.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Quando me distanciei de minha mãe, foi completamente justificado, disse Moore. Eu estava protegendo meus filhos do comportamento dela. Mas houve um ponto em que decidi quem ela era e, naquele momento, quando decidi quem ela era, percebi que a havia limitado para nunca se tornar outra coisa.

conversa de mesa vermelha olivia jade

Houve uma parte da minha compaixão e da minha humanidade que se perdeu, e como eu poderia esperar que minhas filhas tivessem compaixão e segurassem a humanidade por mim se eu não reconhecia isso da minha mãe?

Moore estava com sua mãe quando ela morreu em 1998. Ela percebeu então que sua mãe tinha vindo ao mundo querendo o que todos nós queremos: querer ser amado, querer ser importante, querer ser vista.

A história continua abaixo do anúncio

Eu realmente tento encorajar as pessoas, não importa o que tenham passado, a encontrar esse amor por seus pais, ou seu parceiro, seja o que for, conclui Moore.